sábado, 26 de julho de 2014




Estás literalmente de partida e desta vez não vou contigo...resta-me esperar por ti.

Esta espera assusta-me confesso...os medos, as inseguranças por vezes são mais fortes que eu. O mais engraçado é que também tenho consciência de que a nossa relação é diferente este ano.

Voltámos a encontrar o caminho um para o outro e isso é algo que me fascina, lembra-me mesmo aqueles livros tipo Nicholas Sparks...acho que a nossa história, apesar de curta, tem encanto.

Contigo o meu sorriso é genuíno, contigo sinto-me feliz.

Mas depois penso que vais embora...e tenho de ser forte, tenho de ser adulta, tenho de confiar que o tempo passa num instante e depois a partida é nossa.

Vou tentar não me deixar invadir pelos medos e pelos receios de que o meu sorriso caia no teu esquecimento.

(revenir à moi)

Sem comentários:

Enviar um comentário