sexta-feira, 11 de julho de 2014




Gostava de perceber algumas coisas que se vão passando nisto...que existe.

Ou não.

Depois de dois dias que tu próprio disseste terem sido fantásticos, impera o silêncio. São estas atitudes que eu não entendo, juro que não.

Para quem se despediu de mim ontem, como tu...para quem disse o que disse antes de ir...não há como entender.

Odeio que me passes estes atestados de estupidez e só me deixas cada vez mais revoltada e com vontade de deixar tudo...

Talvez se for eu a desaparecer, dês conta.


Sem comentários:

Enviar um comentário